O Mundo da Acupuntura

Dr. Luiz Paulo

Principais motivos de afastamento - Frequência anual

Acupuntura

Dorsalgia

116.371
Acupuntura

Outros transtornos de discos intervertebrais

68.515
Acupuntura

Lesões do ombro

64.491
Acupuntura

Episódios depressivos

52.308
Acupuntura

Transtornos internos dos joelhos

48.029
Acupuntura

Luxação, entorse e distensão das articulações

35.432
Acupuntura

Outros transtornos ansiosos

32.972
Acupuntura

Mononeuropatias dos membros superiores

25.449

Fonte: Sistema Único de Benefícios - Ano 2016

Dr. Luiz Paulo

Falando um pouco mais sobre esta milenar medicina.

Medication

Quais os profissionais habilitados para a sua prática?

As únicas profissões de saúde do país, que por lei, detêm o direito de diagnosticar doenças, realizar procedimentos invasivos, prescrever medicamentos, são os médicos, cirurgiões dentistas e médicos veterinários. O Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura defende que a prática da Acupuntura , no Brasil, seja realizada por estes profissionais, nos seus respectivos campos de atuação.
Medication

Dorsalgia

Dor nas costas é a principal causa de afastamento do trabalho problema causou afastamento por mais de 15 dias de 116 mil trabalhadores no ano passado. Dor nas costas é a doença que mais afasta trabalhadores no Brasil por mais de 15 dias. No ranking de auxílios-doença concedidos pelo INSS,ela aparece em primeiro lugar. Em 2016, 116.371 pessoas tiveram que se ausentar do emprego por no mínimo duas semanas por essa razão. Isso representa 4,71% de todos os afastamentos. O segundo motivo que mais afastou trabalhadores no ano passado foram fraturas de perna e tornozelo, seguidas das de punho e mão. Os dados apontam que não são as atividades pesadas que mais afastam trabalhadores com dores nas costas e sim o serviço público, onde há um grande número de pessoas realizando funções repetitivas. Em segundo lugar estão as atividades relacionadas ao comércio varejista, em especial supermercados, seguidos dos ramos hospitalar, de construção de edifícios e transporte rodoviário de cargas. A coordenadora-geral de Fiscalização e Projetos do Ministério do Trabalho, Viviane Forte, diz que que nessas atividades consideradas mais leves, as dores nas costas são menos evidentes do que na construção civil, por exemplo, porém também são graves. "No comércio, a dorsalgia é comum nas pessoas que trabalham como estoquistas, porque elas levantam caixas, fazem movimentos de agachar e levantar e acabam não prestando atenção na postura. Esse mesmo descuido ocorre com quem trabalha em escritório por muito tempo sentado na mesma posição", explica. Assim como ocorre com doenças como estresse e depressão, é difícil diagnosticar se as dores nas costas são causadas pela atividade profissional ou por algum outro problema externo. Mas Viviane entende que, independentemente da causa original, a postura no trabalho influencia no adoecimento. "As pessoas passam muito tempo do seu dia no trabalho. Se não tiverem o devido cuidado na maneira de se sentarem e realizarem suas atividades, ou se não respeitarem as pausas necessárias ao longo da jornada de trabalho, vão adoecer, independentemente de como e onde tenha surgido a dor", alerta.

Não há doença que resista à alegria de viver.

Non c'è malattia che resistono la gioia di vivere.

There is no disease that resists the joy of living.

Il n'y a pas de maladie qui résistent à la joie de vivre.

No hay enfermedad que resista la alegría de vivir.

Es gibt keine Krankheit, die die Lebensfreude wider.

沒有疾病,抵抗生活的樂趣

Méiyǒu jíbìng, dǐkàng shēnghuó de lèqù.